Uma rotina de trabalho desgastante, pressão por resultados e problemas pessoais, são algumas questões que podem comprometer o desempenho no ambiente de trabalho. No entanto, às vezes ficamos tão submersos, que é até difícil identificar todas as situações e ainda controlar a emoção chamada de ansiedade.

A ansiedade é uma sensação que gera incômodo e nos provoca um certo senso de urgência. Mas, em muitas ocasiões, é um fator de preocupação por algo que pode acontecer ou não no futuro. E aqui começa a primeira dica, cuidado ao pensar no  que pode acontecer fora do presente, pois conforme matéria da revista HSM, quase 80% das nossas preocupações não se concretizam e as que acontece mais de 50% acabam sendo melhores do que pensamos.

Com atenção especial as  questões como ansiedade e estresse, uma série de empresas no mercado já incorporaram suporte às suas respectivas estruturas. Mas antes de procurar ajuda externa, é aconselhável você mesmo já refletir quais são os possíveis motivos que os aflige.

Os distúrbios de ansiedade, quando não controlados ou não tratados, tendem a atrapalhar completamente as atividades no meio profissional. A desorganização e a não conclusão de tarefas em tempo hábil podem ser indicativos de que algo não vai bem.

Aprender a identificar e administrar a ansiedade é a melhor forma de trabalhar e viver. E o primeiro passo é fazer mudanças de pensamentos e comportamentos.

Como controlar a ansiedade no trabalho?

Em alguns casos, a ansiedade pode provocar tal variação que afeta negativamente na produtividade do profissional. Para evitar um quadro improdutivo e que comprometa todo o ambiente de trabalho, listaremos abaixo algumas medidas que podem ajudar a diminuir a sensação de ansiedade.

Organização de Tarefas

Como controlar a ansiedade? Comece organizando suas tarefas! Ao subdividir os afazeres e problematizar o que será preciso para completar cada uma delas, já é possível traçar um plano fixo na cabeça, o que diminui as incertezas e, desta forma, a sensação de ansiedade.

Estipular prioridades, urgências e o que pode ser delegado na hora de executar o planejamento também ajuda, trazendo maior tranquilidade e segurança à rotina de trabalho.

Controle do Tempo

Planejar previamente os afazeres também envolve administrar melhor o tempo. Ao organizar as tarefas, é possível otimizar o tempo e fazê-lo render de maneira diferente, o que ajuda a minimizar a sensação de urgência despertada pela ansiedade.

Administrar o tempo e o esforço empregado na realização de cada tarefa é fundamental para conseguir cumprir todas as responsabilidades no mundo corporativo. Importante nessa questão é identificar quanto tempo cada atividade realmente leva para ser realizada e não perder o foco.

Cuidado com os nossos diversos dispersores de atenção, como aplicativos de celulares, redes sociais entre outros.

Trabalho em Equipe

Apostar no trabalho em equipe é uma das formas de lidar com a ansiedade. Delegar as tarefas é uma ação que, ao mesmo tempo, pode organizar as demandas sem sobrecarregar a equipe de trabalho.

A tarefa de saber como controlar a ansiedade passa pelo senso coletivo de acreditar e delegar tarefas para a equipe. A responsabilidade, quando dividida, fica mais fácil de ser encarada.

Suportes profissionais

Acompanhamento terapêutico com um psicológico ou terapias alternativas através de medicinas herbais, por exemplo, também podem ser uma forma de como controlar a ansiedade, como também exercícios físicos.

Os distúrbios de ansiedade, quando não controlados, afetam a produtividade, o humor e, inclusive, o sono das pessoas, o que acaba comprometendo toda a energia para encarar o dia.

O coaching, por exemplo, pode ser uma alternativa para lidar com a ansiedade de forma proveitosa. Uma análise de um profissional experiente pode ajudar você a nortear seus objetivos para organizar melhor suas responsabilidades e a agir no presente.

Continue por dentro dos assuntos com o nosso e-book “Pontos de partida conceitos de coaching”


[contact-form-7 id="29419" title="posts"]

Pin It on Pinterest